PROBLEMAS NA MASTIGAÇÃO PODEM INTERFERIR NA SAÚDE BUCAL

PUBLICADO EM 25/10/17

A mastigação incorreta pode trazer uma série de problemas para a saúde da boca, interferindo inclusive na musculatura e no esqueleto da face.

Um dos grandes “vilões” é a mastigação unilateral, ou seja, aquela que ocorre frequentemente apenas de um lado da boca, quando a pessoa mastiga só do lado direito ou só do lado esquerdo. Entre as suas consequências estão a sobrecarga dos dentes - podendo, inclusive, desgastar apenas um dente, podendo levar à perda dele, dores na musculatura e desgaste esquelético.
Cada tipo de dente tem um papel na mastigação. Os incisivos, por exemplo, cortam a comida, enquanto os posteriores trituram os alimentos. Se falta um dente ou eles estão desalinhados, o processo mastigatório sofre interferência.

Como resolver os problemas na mastigação?
A forma correta de mastigar é utilizando os dois lados da arcada dentária, equilibrando a mordida. Nesse tipo de mastigação, o alimento é levado de um lado a outro da boca, trabalhando a musculatura de forma igual.
Caso o paciente tenha falta de um ou mais dentes, essa pode ser a causa da mastigação incorreta e causar alterações na articulação temporomandibular (ATM) e sobrecarregar outros dentes, podendo causar a perda deles também. A reposição dentária com implante ou prótese retoma a função mastigatória, elimina problemas como o mau hálito e recupera a mordida correta.

Se o paciente possui todos os dentes e ainda tem problemas na mastigação, é o caso de verificar se há problemas faciais, que podem ser corrigidos por meio da cirurgia ortognática por exemplo, ou desvios que precisem ser ajustados com o uso de aparelho ortodôntico. Se mesmo com a arcada em posição correta e todos os dentes alinhados o paciente continuar mastigando de forma inadequada, é preciso monitorar este hábito a fim de eliminá-lo e evitar problemas futuros.

Fonte: Segs