Vinte alimentos deixam dentes mais brancos e fortes

PUBLICADO EM 10/04/17

A ida ao dentista pode garantir um bom tratamento para clarear os dentes, mas, ao escolher os alimentos certos, é possível ajudar a deixá-los mais brancos e fortes. A nutricionista, Vanessa Pimentel, separou cardápios e curiosidades para tirar o melhor que os alimentos podem oferecer para a saúde bucal.
Com algumas dicas, além de se beneficiar com uma boa seleção de pratos, é possível neutralizar alimentos prejudiciais para os dentes. Vanessa recomenda lanches com alimentos cariostáticos e anticariogênicos, como queijo, nozes, pipoca e hortaliças. “Após comer um pirulito, mastigue uma castanha, e prefira comer a bisnaguinha com queijo”, diz.


Morango
Morangos in natura são um prato cheio para quem quer manter os dentes brancos. A fruta contém ácido málico, um adstringente natural que ajuda a retirar manchas. Além da vitamina C, que ajuda a combater o acúmulo de placa.

Queijos
A caseína, um tipo de proteína encontrada principalmente no queijo, ajuda na reparação do esmalte dos dentes, junto com o cálcio e fósforo também presentes em produtos lácteos. Queijos duros, como o parmesão, são bons para o clareamento. Apenas um pedaço aumenta o fluxo de salivação que ajuda a eliminar restos de alimentos e neutraliza o pH da boca, que fica menos ácido e propenso à deterioração dos dentes.

Espinafre
Rico em fibras, o espinafre faz uma limpeza natural dos dentes, além de aumentar o fluxo salivar. Estudos mostram também que o ácido oxálico do espinafre pode interferir na absorção do cálcio presente em leites e seus derivados.

Maçã
A maçã é fibrosa e já limpa os dentes a cada mordida, além de estimular o fluxo salivar.

Iogurte
Alimentos lácteos são ricos em proteínas, cálcio, fósforo e ácido láctico, que ajudam a combater bactérias e fortalecer os dentes.


Salmão
Salmão tem cálcio e vitamina D, a dupla perfeita para dentes fortes e saudáveis.

Leite
Os produtos lácteos (leite, iogurte sem gordura) intensificam a remineralização dos dentes e contêm cálcio.

Pera
A fruta ajuda a eliminar o biofilme oral – placa bacteriana – já que é fibrosa e limpa os dentes naturalmente. A pera também aumenta o fluxo de saliva, que defende os dentes contra cáries e doenças da gengiva.

Pepino
produzem saliva que, combinada com as fibras naturais dos alimentos, naturalmente limpa os dentes e remove bactérias.

Goma de mascar sem açúcar
Mascar gomas sem açúcar, por 15 a 20 minutos após as refeições e lanches é recomendado pelos dentistas. A goma adoçada com xilitol é um agente anticárie. O xilitol é um açúcar de cinco carbonos que não pode ser metabolizado pelas bactérias orais. Vinte minutos de mastigação parecem causar um aumento no ph salivar para mais de 5,5 vezes.

Castanha-do-Pará
Os óleos contidos na castanha do Pará ajudam a formar uma película sobre os dentes, reduzindo a capacidade das bactérias grudarem neles.

Brócolis
Brócolis contém ferro e cálcio, que juntos formam uma barreira que protege o esmalte dos dentes.

Cenoura
Estimula a salivação, assim, mantêm a boca hidratada e ajuda a remover o biolfime oral – placa bacteriana.

Hortaliças em geral
As hortaliças cariostáticos e anticariogênicos, o que contribui para a saúde dos dentes.

Nozes
As nozes também ajudam a formar uma película sobre os dentes.

Frango
O frango é um alimento cariostático, ou seja, que não contribui ao desenvolvimento da cárie.

Ovos
O ovo, assim como o frango, não ajuda na instalação da cárie no dente, sendo recomendado para consumo de quem quer deixa-lo forte e branco.

Gorduras
As gorduras também não contribuem para o aparecimento de cáries, pois formam uma película oleosa nos dentes.

Água
A ingestão de água, além de ser necessária para as funções vitais do organismo, é importante para o mecanismo de limpeza dos dentes.

Fonte: https://goo.gl/1jllph